De Jânio a Jair...

Um pouco de História para refrescar a mente dos néscios das emissoras Globo.
Jânio Quadros tinha como vice João Goulart, um covarde que quando viu o "bicho pegar" fugiu para o Uruguai com o seu cunhado, o não menos amedrontado Leonel Brizola.
Jânio Quadros condecorou Che Guevara, um dos maiores assassinos da galeria dos canalhas mundiais.
Jânio Quadros tinha a intenção de transformar o país em uma Cuba, e permitiu que os terroristas do Araguaia se instalassem em território pátrio em 1961.
Jânio Quadros estava a serviço do movimento comunista internacional.
Jânio Quadros tentou um golpe renunciando ao mandato. O tiro acertou o pé torto.
Jânio Quadros era um expoente na língua portuguesa, com excelente oratória.
Bolsonaro é um homem de boas intenções e quer o melhor para o país, embora de um jeito nada político.
Bolsonaro nada conhece da língua portuguesa, cometendo erros comparáveis a Lula, e, definitivamente, não é um sofista.

Comentários