Inquérito das fake news, chame a Liga da Justiça!

Inquérito das fake news, chame a Liga da Justiça!


O inquérito das “fake news” mostra o amadorismo da imprensa brasileira, o estardalhaço midiático feito pelo STF e a inépcia do partido Rede Sustentabilidade.

Ora, não existe ilegalidades em inquéritos. Não há defesas e nem ataques. A inquisa é uma mera apuração de fatos.  Pouco importa quem instaurou e quem vai conduzir. Tudo isso é irrelevante. Logo, aos magistrados bastariam deliberar pelo não trancamento, sem entrarem no mérito do habeas corpus – se é que houve um HC. 

Agora, “toca o barco”! “Bola para frente! Um delegado federal será designado para conduzir as atividades policiais, a PGR irá oferecer denúncias, ou não. E, em havendo denúncias, nasce um grande problema:  há que se convocar a Liga da Justiça para julgar, porque a cúpula do Judiciário já está em suspeição, haja vista que todos os ministros, diante de holofotes, deram “pitacos” no mérito do feito. Quando bastaria apenas votar pelo não trancamento. 

Na próxima encarnação, quando for ministro do STF, em casos semelhantes, se relator, farei um voto de duas linhas, vejamos: 

“Sendo certo que nessa fase do processo penal, vige o princípio da in dubio pro societate, indefiro o pedido de trancamento do inquérito policial”.

Veja o nosso site e fique informado 

http://www.cotaperiscopica.com.br/


Comentários