“Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos ..."

 “Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos ..."


Em que se possa contextualizar as diferentes épocas e crises internas dos respectivos Países, permito-me falar dos ensinamentos aprendidos sobre grandes lideres da nossa história.
Cito em especial os aprendidos com o 16° Presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, que ocupou a Presidência de 4 de março de 1861 até seu assassinato em 15 de abril de 1865.
Naquele contexto nacional Americano, Presidente Lincoln liderou seu país de forma bem-sucedida durante sua maior crise interna, a Guerra Civil Americana, preservando a integridade territorial do país, abolindo a escravidão e fortalecendo o governo nacional.
Entre outros famosos, lembro ter lido sobre o discurso de Abraham Lincoln ao final da Guerra de Secessão, considerado um grande momento histórico Americano. Em sua fala, Lincoln pontuou sobre a importância da liberdade.
“Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos. A América nunca será destruída do lado de fora. Se vacilarmos e perdermos nossas liberdades será porque nos a destruímos. Nós todos apoiamos a liberdade, mas usamos a mesma palavra e não queremos todos dizer a mesma coisa. Não se pode construir o caráter e coragem retirando-se do homem sua independência.”
Precisamos entender como nação o que por aqui acontece tem a ver com a quebra de direitos individuais fundamentais.

Artigo da autoria de Ricardo M. Paixão 
      ricardompaixao@hotmail.com


Visite nosso site e mantenha-se informado

http://www.cotaperiscopica.com.br/

 

Comentários