RACISMO: UMA INVENÇÃO PARA DIVIDIR UM POVO UNIDO.


Conheço um país que já teve um presidente negro em 1909, apenas 21 anos após o término da escravidão.
Esse país tem uma santa padroeira negra.
Esse país deu à sua Academia de Letras o nome de um negro.
Esse país considera um negro como o maior atleta do mundo.
Esse país se orgulha da sua música afro, e a exporta para todo o planeta.
Não há em nenhum local desse país qualquer proibição a negros. Bares, restaurante, botecos etc são frequentados por todos.
A religião afro também é frequentada por todos. Conheço uma judia que antes de voltar para a América me pediu para levá-la a um centro de umbanda. Adorou!
Nesse país a beleza negra é cantada em prosas e versos, e nada mais encantador do que o charme de uma mulher negra.
O time de futebol mais popular tem uma torcida com esmagadora maioria de negros, e o símbolo da equipe é um urubu.
Quando esse time faz um gol, todos se abraçam e não estão nem aí para cores. Até porque há o negro na cor vencedora de vários campeonatos brasileiros e mundiais.
As mulatas do Sargentelli faziam sucesso universal.
O negro faz parte da alegria daquele povo. O negro é vida. É arte. Aquele país ama os negros, e sempre os amará.
Então, por favor, me digam o nome do FILHO DA PUTA que acha que esse país é racista em relação aos negros.
Em tempo: Quando disse FILHO DA PUTA, eu quis dizer FILHO DA PUTA mesmo.

Comentários