Brasil, uma moedocracia.

 Presidencialismo moedocrático!



O Brasil é uma democracia? Não, não é. Democracia se mede com a régua do Parlamento, tanto é assim que todos os países evoluídos adotam o regime parlamentarista de governo, com exceção dos Estados Unidos da América.

Parlamento vem do latim "parlare", ou talvez do francês "parlemente". Não importa, todos significam "falar". Logo, os parlamentares são aqueles que falam em nome do povo, origem de todos os poderes.
Pois bem, desnecessário dizer que o parlamentar possui como dever de ofício defender os interesses dos seus representados, independente dos próprios interesses, principalmente os financeiros. Ledo engano!
Ora, o governo Bolsonaro iniciou a sua administração com o foco em uma "nova política", vale dizer, acreditou que os congressistas fossem olhar o país como uma nação a se desenvolver.
Não funcionou! O atual presidente foi o mais vetado pelo Congresso Nacional desde a promulgação da Constituição em 1988. Agora, nada resta ao chefe do Executivo Federal. Sua única opção foi abrir os cofres públicos para satisfazes a fome de dinheiro dos deputados e senadores.
Pior, se tudo der errado, a culpa vai para o Presidente, algo que jamais aconteceria no parlamentarismo constitucional e/ou monárquico.
Resumindo: vivemos uma moedacracia, o poder da moeda.

Veja o nosso site e fique informado


https://www.cotaperiscopica.com.br/index.php



Comentários